White papers como estratégia de Marketing de Conteúdo


Postado em 19/01/2015 por Conteúdo e Cia

O White paper sempre foi uma ferramenta de comunicação bastante prática e útil, usada, principalmente, para divulgar dados e ações corporativas.

Atualmente, ganhou espaço em Marketing de Conteúdo e você saberá por que a seguir.

 

               X   

White papers e E-books possuem diferenças sutis e apresentam funções e usos distintos.

 

White papers

São conteúdos mais curtos (no máximo 12 páginas diagramadas) e que abordam um único assunto rapidamente, mas mostrando muitos dados e informações. É um ótimo material para apresentar resultados e outros elementos quantificáveis de uma empresa, além de serem aliados na apresentação de casos de sucesso e para demonstrar características interessantes que produtos e serviços possuem. O White paper é bastante usado também para lançar ideias inovadoras, de maneiras rápida e precisa.

E-books

São conteúdos mais complexos e extensos (sem limite de páginas) e são mais usados para fins educativos e informativos, além de converter leads e atrair tráfego para um site. Eles também podem ser comercializados on-line, dependendo do interesse e foco da estratégia.

 

Vantagens do White Paper

  • Material educativo fácil de ler e simples de produzir.
  • Bom para apresentar dados, gráficos e resultados.
  • Comunica os pontos principais para o público com clareza e objetividade.
  • Adquire vários tipos de design, que com criatividade, torna o material ainda mais atraente.
  • Propaga novas ideias rapidamente, pois é de fácil disseminação.

 

White paper como estratégia de Marketing de Conteúdo

O White paper pode ser utilizado como uma isca para conversão de leads, ou simplesmente para divulgar temas da sua empresa, como casos de sucesso, o lançamento de um produto ou serviço. Segundo dados da MasterControl, o White paper converte 2% dos leads em clientes, sendo uma alternativa interessante para quem quer investir pouco no primeiro momento, mas atrair tráfego e potenciais consumidores.

Serve ainda como um precursor de uma ideia, isto é, podemos distribuir uma nova ideia e, se bem aceita, podemos partir para elaborar outros tipos de conteúdo mais complexos, como e-books, vídeos ou criar um novo blog.

Se você quer distribuir um material de qualidade, mas não quer que seja tão complexo quanto um e-book, então que tal produzir um White paper?

 

Publicado em

CONTATO

Fale com nossos Consultores
R. José Bernardino Bormann, 1492
Batel - Curitiba, PR

GRUPO CRONOMIDIA

Cronomidia Conteúdo e Cia Cronochat