6 Características de conteúdos que as pessoas compartilham


Postado em 25/02/2015 por Conteúdo e Cia

Por: Brent Robinson do bazaarvoice.

Nós valorizamos as opiniões de nossos colegas mais que de empresas. Assim, as informações transmitidas boca-a-boca e as redes sociais se tornaram poderosas ferramentas de marketing. As marcas podem semear essas conversas com um bom marketing de conteúdo, mas convencer os consumidores a compartilharem este conteúdo é um desafio.

Então, como as marcas podem fazer com que as pessoas falem sobre elas e, mais importante, compartilhe suas mensagens?

Jonah Berger, da The Wharton School, Universidade da Pensilvânia, em seu livro Contagious: Why things catch on cita 6 fatores-chave que fazem as pessoas compartilharem conteúdo.

1. Moeda Social

As histórias que são contadas influenciam as percepções de outras pessoas.

Assim, a razão pela qual alguém compartilha um produto, marca, serviço, site, etc. é devido a querer passar, de alguma maneira, uma imagem para seus conhecidos.

Muitas empresas querem que os consumidores compartilhem seu conteúdo, mas elas nunca consideram como este compartilhamento implicará na imagem das pessoas frente aos seus amigos.

Compartilhamento é a moeda social; então, antes de publicar seu conteúdo, certifique-se que ele vale a pena.

 

2. Gatilhos

As pessoas falam sobre as marcas quando há uma conversa relevante e contextualizada. Por exemplo: as pessoas falam de cereal quando eles estão tomando café da manhã; falam de toalhas de papel depois de derramarem o leite do cereal.

Assim, Berger sugere o desenvolvimento de um gatilho que faz com que sua marca venha à mente do consumidor no momento ideal. Isso pode criado com marketing de conteúdo inteligente ou apenas associações simples.

 

3. Emoção

Nós humanos somos seres emocionais; compartilhamos coisas que incitam as nossas emoções.

A P&G é mestre em conteúdo emocional. Sua série de vídeos das Olimpíadas "Obrigado mãe" foi compartilhada e vista milhões de vezes (se você não viu, pegue lencinhos!). Retratos da Real Beleza de Dove é outro excelente exemplo.

Desenvolver conteúdo emocional que conecta com a marca irá aumentar a probabilidade de que suas mensagens sejam compartilhadas.

 

4. Escalabilidade

A natureza pública do boca a boca é um dos seus pontos mais fortes. Utilize-a.

Ao planejar palavras-chave de campanhas, sempre considere que o que você desenvolver possivelmente será visto por milhões de pessoas, então planeje adequadamente.

A escalabilidade é muito importante para o marketing boca a boca. Se o seu código promocional só pode ser usada 100 vezes, não compartilhe no Facebook para milhares de pessoas (a não ser, é claro, que você vá fazê-lo intencionalmente para criar urgência).

Então, sempre considere como sua mensagem será recebida por um grande público.

 

5. Valor Prático

Produtos úteis e promoções são compartilhados.

Quando alguém ouve falar de uma grande oportundade, certamente repassam para seus amigos. O mesmo vale para quando alguém compra um ótimo produto.

Será que o seu conteúdo tem algum valor prático?

A Lowe's, por exemplo, criou uma série de vídeos ilustrando como realizar tarefas básicas de casa - um conteúdo educacional que oferece valor real para os espectadores e cria laços com a marca.

Considere valor prático da próxima vez que você planejar uma estratégia de marketing ou uma promoção. Pense: qual o valor isso tem para as pessoas? Por que eles se importariam?

 

6. Histórias

"Amanda estava cansada de comer a mesma coisa, então ela comprou a panela elétrica que a mãe tinha recomendado. No início, ela pensou que tinha cometido um erro. No entanto, depois de uma deliciosa refeição, fácil de preparar, ela se tornou fã do novo utensílio de cozinha."

Não, este item não é sobre a Amanda, mas tenho certeza que você se interessou em sua história, não é mesmo?

As pessoas amam histórias!

Então, desenvolva conteúdo para sua marca, que conte uma história, mas também leve sua mensagem de marketing para o leitor.

A chave do storytelling é compartilhar uma história que seu público se identifique. Se você quiser que sua mensagem se espalhe, você precisa fazer com que as pessoas falem dela, imite-a e, consequentemente, a compartilhem.

 

Estes seis pontos podem ajudar a sua marca a criar mensagens que vão cair no gosto dos consumidores e, certamente, serão compartilhadas por eles, ampliando ainda mais sua visibilidade.

E você: o que gosta de compartilhar? Compartilhe com a gente! ;)

 

 

Para saber mais, acompanhe nosso blog ou assine nossa newsletter abaixo

 

.

CONTATO

Fale com nossos Consultores
R. José Bernardino Bormann, 1492
Batel - Curitiba, PR

GRUPO CRONOMIDIA

Cronomidia Conteúdo e Cia Cronochat